WhatsApp tem novo golpe que promete mostrar quem te adicionou

Ano novo, golpe velho! O WhatsApp perdura como o mensageiro mais utilizado do planeta, o que é condizente com a predileção dos hackers pela plataforma.

Levando em consideração a popularidade do aplicativo, uma gama de golpes aparece de forma constante, e mesmo a companhia trabalhando arduamente em prol de segurança, o mensageiro continua sendo um prato cheio para propagação de ameaças com os mais variados propósitos.

No fim de 2016, um golpe tirava proveito do período de festividades para ludibriar os usuários, com a promessa de emoticons natalinos na aplicação. Ironicamente, semanas antes um golpe que utilizava um conceito semelhante afetou mais de 1 milhão de pessoas, mas mesmo com todo investimento na proteção do WhatsApp, os métodos para roubo de dados continuam sendo aprimorados pelos criminosos digitais.

Seguindo os passos do ano passado, parece que 2017 será ainda mais perigoso, e já nestas primeiras semanas do ano, um novo golpe foi descoberto pela equipe da PSafe – startup brasileira especializada em segurança da informação.

Neste novo método com intuito de enganar os usuários, uma nova funcionalidade promete mostrar quem adicionou o usuário no WhatsApp, um conceito que também era bem usual em tempos de mensageiros antigos, mas infelizmente continua atraindo muita gente.

Em nota, a PSafe salienta que mais de 260 mil pessoas já foram afetadas no Brasil apenas nos primeiros quatro dias de 2017.

O golpe basicamente indica a possibilidade de trazer um novo recurso “exclusivo” do WhatsApp,onde o usuário poderá conferir quem o adicionou diretamente através do mensageiro.

Mas assim como nos modelos prévios, para ter acesso à função, o usuário deve compartilhar a mensagem com o link da fraude para dez amigos e cinco grupos diferentes, para atrair mais pessoas.

Em seguida, o usuário é direcionado a uma página que induz a instalação de outros aplicativos, que não necessariamente contêm vírus, mas que gera dinheiro para o hacker a cada download realizado.

Em tempos onde o WhatsApp é quase onipresente, todo cuidado é pouco. A dica para este “novo golpe”, é velha! Isto é, mantenha um bom antivírus atualizado em seu dispositivo, evite links suspeitos e verifique as fontes e comentários antes de instalar uma nova ferramenta, para ter certeza de que o conteúdo é confiável.

Preze pela sua segurança e não caia nessas furadas, que infelizmente, ainda seguem a todo vapor.

(fonte Tudo Celular)

2017-01-10T18:50:43+00:00 10/01/2017|